Quinta-feira
09 de Fevereiro de 2023 - 

Notícias

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico

Previsão do tempo

Hoje - Sacramento, MG

Máx
30ºC
Min
19ºC
Chuva

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 5,20 5,20
EURO 5,58 5,58

Newsletter

01/12/2022 - 13h31Projeto "Construindo Igualdades" é incluído no banco de dados do FonavidEscolha foi motivada pelo exemplo de boas práticas contra violência doméstica contra mulher

O destaque do terceiro dia do XIV Fonavid foram os debates realizados pelos grupos temáticos ( Crédito : Divulgação TJPA ) O projeto “Construindo Igualdades”, do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, foi selecionado para o banco de dados do Fórum Nacional de Juízas e Juízes de Violências Doméstica e Familiar Contra a Mulher (Fonavid) como exemplo de boas práticas no combate à violência doméstica contra a mulher. A seleção foi anunciada nesta quinta-feira (1/12), no terceiro dia do XIV Fonavid - Fórum Nacional de Juízas e Juízes de Violências Doméstica e Familiar Contra a Mulher. O evento vai até este sábado (3/12). O "Construindo Igualdades" visa promover atividades pedagógicas a partir de palestras que induzam questionamentos pessoais e promovam mudança social. As palestras são realizadas em canteiros de obras e em empresas da construção civil, por meio da parceria com o Serviço Social da Construção Civil (Seconci-MG). Também está no banco de dados do Fonavid a cartilha do programa Justiça em Rede contra a Violência Doméstica, premiado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na categoria Tribunais, no II Prêmio CNJ Juíza Viviane Vieira do Amaral. As boas práticas foram inscritas e selecionadas por uma comissão para pulgação durante o evento para magistrados, magistradas, servidores e servidoras de todo o país. Foram consideradas as atividades criativas e com resultados comprovados, criadas e executadas por magistradas, magistrados e/ou equipes técnicas do Poder Judiciário, voltadas a aprimorar o enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher, garantir os direitos das mulheres e contribuir para a prevenção à violência de gênero. Outro objetivo essencial é a realização de um benchmark de programas inovadores para serem replicados em outros órgãos.  O XIV Fonavid conta com mais de 230 magistrados, magistradas, servidores e servidoras do Judiciário brasileiro e é organizado pela Coordenadoria Estadual das Mulheres em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid) do Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), em parceria com a Escola Judicial do Pará (EJPA). O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) tem nove representantes no encontro: a superintendente da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência (Comsiv), desembargadora Evangelina Castilho Duarte; a ex-presidente do Cocevid (Colégio de Coordenadores da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Poder Judiciário Brasileiro), desembargadora Paula Cunha e Silva; a juíza Solange Reimberg (membro da diretoria do Fonavid); a juíza Soraya Hassan Bas Láuar (secretária executiva da Comsiv); juíza Roberta Chaves Soares; juíza Lívia Borba; juiz Marcelo Gonçalves de Paula; juiz José Romualdo Duarte Mendes e o assistente social Gustavo de Melo Silva, da equipe multidisciplinar dos juizados de Violência Doméstica e Familiar de Belo Horizonte. Também nesta quinta-feira (1/12), o evento contou com os painéis “Gênero, Transversalidades e Interseccionalidades” e “Criminologia feminista e processo penal feminista”, e reuniões de quatro grupos temáticos: I - Medidas protetivas de urgência; II - Criminal; III - Legislativo e IV - Equipes multidisciplinares. O evento segue até sábado (3/12) com debates e grupos de discussão sobre o tema “Sistema de Proteção às Pessoas de Gênero Feminino: Transversalidades e Interseccionalidades”. Nesta sexta-feira (02/12) será realizada reunião da AMB Mulheres (Associação dos Magistrados Brasileiros) para debater realizações e perspectivas; assembleia geral para votação de enunciados e eleição da nova diretoria do Fonavid. Desembargadora Evangelina Castilho Duarte durante uma palestra do projeto "Construindo Igualdades", realizada em Belo Horizonte (Crédito: Cecília Pederzoli/TJMG) No sábado (3/12) será realizado um tour pelos complexos históricos de Belém e visita ao programa Territórios da Paz-TerPaz (Usipaz Jurunas/Condor), que consiste na articulação de políticas públicas de inclusão social que secretarias, fundações e órgãos da administração direta e indireta desenvolvem por meio de programas e projetos. Diretoria Executiva de Comunicação – Dircom Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG (31) 3306-3920 imprensa@tjmg.jus.br instagram.com/TJMGoficial/ facebook.com/TJMGoficial/ twitter.com/tjmgoficial flickr.com/tjmg_oficial
01/12/2022 (00:00)

Contate-nos

Melo Rodrigues - Advocacia

Rua Ângelo Crema  159  casa
-  Bela Vista l
 -  Sacramento / MG
-  CEP: 38190-000
+55 (34) 3351-1084+55 (34) 98871-0798
© 2023 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia