Terça-feira
25 de Junho de 2019 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Previsão do tempo

Hoje - Sacramento, MG

Máx
29ºC
Min
16ºC
Predomínio de

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

07/06/2019 - 19h30Apac é inaugurada em ManhumirimUnidade terá capacidade para 80 recuperandos do regime fechado

  Juiz auxiliar da presidência do TJMG, Luiz Carlos Rezende e Souza descerrou a placa, com o deputado Mario Heringer, o juiz do foro da Comarca, Rêidric Victor da Silveira e a presidente da Apac, Renata Elisa Portes Mais uma unidade das Associações de Proteção e Assistência aos Condenados (Apacs) foi inaugurada em 2019 em Minas Gerais. Nesta sexta-feira, 7 de junho, foi a vez da Apac da Comarca de Manhumirim. Trata-se da 44ª em 296 comarcas e em 856 municípios mineiros. Serão 84 vagas para recuperandos masculinos do regime fechado. A Apac de Manhumirim está localizada no Córrego Barra do Lessa. Para sua construção, foram gastos pouco mais de R$ 2 milhões vindos da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP) e outros R$ 900 mil, originados de valores arrecadados com a aplicação de penas de prestação pecuniária e de transações penais. Na solenidade de inauguração, o juiz auxiliar da Presidência, Luiz Carlos Rezende e Santos, coordenador do Programa Novos Rumos, representou o presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias de Morais. Juiz Luiz Carlos Rezende e Santos recebeu placa de agradecimento da presidente da Apac de Manhumirim, Renata Elisa Portes Freitas Rocha O juiz Luiz Carlos Rezende e Santos registrou a importância das Apacs, que não deixam de ser uma prisão porque defendem o cumprimento da pena, mas procuram resgatar ou reconstruir o ser humano. No ambiente das Apacs, são oferecidas oportunidades de estudo, trabalho, reflexão, contato com familiares, acesso à saúde. “Todos esses elementos buscam a valorização humana”, disse. O Programa Novos Rumos marca a atuação inovadora do TJMG na área de Execução Penal, com ações em favor da humanização no cumprimento das penas privativas de liberdade, da reinserção e justiça social. O programa presta apoio institucional ao Método Apac, especialmente na mobilização de juízes e da sociedade civil para o bom funcionamento e a expansão das Apacs no estado de Minas Gerais. Transformar vidas O juiz da 2ª Vara Cível, Criminal, de Execuções Penais e do Juizado Especial Criminal da comarca de Manhumirim, Rêidric Victor da Silveira Condé Neiva e Silva, comentou que teve seu primeiro contato com a Apac quando tinha 18 anos e ainda era acadêmico de Direito. “Foi o primeiro local de cumprimento de pena que conheci e exatamente pela falta de comparação eu não consegui entender a beleza a grandeza do trabalho. Pareceu-me natural ver pessoas sociáveis em um ambiente com higiene, sorrindo e vestidas com trajes comuns conversando comigo”. Só mais tarde, prossegue o magistrado, visitou um presídio convencional. “Aí, conheci a realidade do sistema carcerário. A falta de estrutura impede um trabalho com a amplitude das Apacs”.  A comparação passou a ser inevitável. Juiz Rêidric Victor Condé Neiva e Silva recebeu a Apac como uma chance de transformar vidas Com a chegada da Apac em Manhumirim, o juiz Rêidric Victor da Silveira Condé Neiva e Silva acredita na possibilidade de transformar vidas.  “Quando vejo esta obra eu me pergunto: qual o tamanho do bem que será feito ao longo dos anos? Traremos um bem que ultrapassará a vida de todos nós”, responde. A Fraternidade Brasileira de Assistência aos Condenados (FBAC) tem a missão de congregar a manter a unidade de propósitos das suas filiadas e assessorar as Apacs. A presidente da Apac de Manhumirim, Renata Elisa Portes Freitas Rocha, relembrou os anos de luta para a construção da unidade na comarca. “Nada nessa vida é por acaso. Absolutamente nada. Por isso, temos que nos preocupar em fazer a nossa parte da melhor forma possível. A vida nem sempre segue a nossa vontade, mas ela é perfeita naquilo que tem que ser”, disse Renata Elisa, durante o evento de inauguração da Apac de Manhumirim. A solenidade de inauguração contou ainda com as presenças dos juízes de Timóteo, Daniel da Silva Ulhoa; de Ipatinga, Elimar Boaventura Condé Araújo; Manhuaçu, Vinícius Gomes Ristori e de Laginha, Glauber Oliveira Fernandes. Esteve também presente o secretário-adjunto de Defesa Social do Estado Alexandre Leão. A mesa de honra foi composta pelo juiz Luiz Carlos Rezende e Santos, o deputado Mario Heringer, o juiz da Comarca, Rêidric Victor da Silveira Condé Neiva e Silva, a diretora da Apac, Renata e o secretário Alexandre Leão.
07/06/2019 (00:00)

Contate-nos

MELO RODRIGUES ADVOCACIA

Rua Ângelo Crema,  159
-  Bela Vista I
 -  Sacramento / MG
-  CEP: 38190-000
+55 (34) 3351-1084+55 (34) 9.8809-6681
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia