Terça-feira
12 de Novembro de 2019 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Previsão do tempo

Hoje - Sacramento, MG

Máx
29ºC
Min
21ºC
Pancadas de Chuva a

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

08/11/2019 - 16h04Presidente recebe Colar do Mérito da Justiça MilitarDurante solenidade, desembargador Nelson Missias fez defesa do estado de direito

Jaimes Ferreira Santos, presidente do Tribunal de Justiça Militar, entregou o colar ao presidente do TJMG, Nelson Missias de Morais O presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), desembargador Nelson Missias de Morais, foi agraciado na manhã desta sexta-feira (8/11) com o Colar do Mérito do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerais (TJM), em comemoração aos 82 anos de sua criação em Primeira Instância. Durante o evento, realizado no Clube dos Oficiais da Polícia Militar de Minas Gerais, foram homenageados representantes de vários poderes, entre eles, o governador de Minas, Romeu Zema, representado pelo seu vice, Paulo Brant. Escolhido como orador, Nelson Missias ressaltou a atuação imprescindível do Tribunal de Justiça Militar Além de Nelson Missias, foram agraciados os desembargadores Áurea Brasil, 2ª vice-presidente do TJMG; Mariângela Meyer, 3ª vice-presidente; José Geraldo Saldanha da Fonseca, corregedor-geral de justiça, e Maurício Pinto Ferreira. Eles receberam a Medalha do Mérito, ao lado de outras autoridades. O presidente Nelson Missias foi escolhido o orador dos agraciados e ressaltou os bons serviços prestados a Minas pela octogenária Justiça Militar. Segundo o magistrado, ele é testemunha da atuação imprescindível desse Tribunal, que “além do aspecto formal, tem um aspecto mais próximo do fraternal com o Judiciário mineiro”. Cerimônia no auditório do Clube dos Oficiais da Polícia Militar de Minas Gerais reuniu vários desembargadores, o vice-governador e persas autoridades O desembargador Nelson Missias aproveitou a oportunidade para destacar também a necessidade da defesa intransigente do Estado de Direito no País. “Todas as leis têm que se adequar à Constituição e cabe à Suprema Corte respeitar os Poderes. Cabe ao Legislativo agir em nome do povo. Somos um colegiado que é a expressão da nação. Portanto, o Judiciário tem sua legitimidade na Constituição”, afirmou.  
08/11/2019 (00:00)

Contate-nos

MELO RODRIGUES ADVOCACIA

Rua Ângelo Crema,  159
-  Bela Vista I
 -  Sacramento / MG
-  CEP: 38190-000
+55 (34) 3351-1084+55 (34) 9.8809-6681
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia