Sábado
21 de Setembro de 2019 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

09/09/2019 - 18h36Desembargador representa TJ em congresso sobre História da JustiçaIntercâmbio de experiências entre museus e centros de memória vinculados ao Judiciário foi tema

Troca de saberes vai permitir ações voltadas à preservação e compartilhamento da história   O desembargador Marcos Henrique Caldeira Brant representou o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) no congresso "História da Justiça e Museus Judiciários", promovido pelo Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) e pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O encontro, realizado nos dias 5 e 6 se setembro, no auditório do Tribunal Pleno do TJSC (Auditório Ministro Teori Zavascki), teve como objetivo promover o intercâmbio de experiências entre os museus e os centros de memória vinculados ao Poder Judiciário em todo o país, a fim de permitir o planejamento de ações voltadas à preservação e ao compartilhamento da história desse Poder da República. Representantes de 14 Tribunais do País participaram do encontro. Na oportunidade, eles  discursaram sobre persos temas relacionados à História do Judiciário e as formas que têm encontrado para preservar e alavancar a preservação de seus acervos. Entre os palestrantes estavam museólogos, filósofos, historiadores, professores universitários e magistrados. Força mineira Na oportunidade, o desembargador Marcos Henrique Caldeira Brant destacou a importância da iniciativa do Tribunal catarinense  para o aprimoramento e fortalecimento da gestão museológica, sobretudo para um Estado com um acervo da História da Justiça tão rico quanto Minas Gerais, que detém 60% do patrimônio cultural do Brasil. O evento foi prestigiado com a presença de persos desembargadores do Tribunal de Justiça de Santa Catarina e de outros estados, do ministro do Superior Tribunal Militar Péricles Aurélio Lima de Queiroz, do advogado e historiador peruano Fernán Altuve-Febres Lores, catedrático de História do Direito da Universidade de Lima, do filósofo e escritor Luiz Felipe Pondé e do jornalista e escritor Eduardo Bueno, autor de persas obras de História do Brasil.  
09/09/2019 (00:00)

Contate-nos

MELO RODRIGUES ADVOCACIA

Rua Ângelo Crema,  159
-  Bela Vista I
 -  Sacramento / MG
-  CEP: 38190-000
+55 (34) 3351-1084+55 (34) 9.8809-6681
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia