Sexta-feira
24 de Maio de 2019 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Previsão do tempo

Hoje - Sacramento, MG

Máx
28ºC
Min
17ºC
Pancadas de Chuva a

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

22/04/2019 - 13h07Cejusc BH concilia pagamento de perdas da poupançaBanco Itaú e poupadores buscam acordo em audiências agendadas previamente

Juíza do Cejusc BH, Dênia Francisca Taborda explica a advogados e interessados sobre remarcação de audiências O Centro Judicial de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Belo Horizonte fez hoje mutirão para agilizar o pagamento aos poupadores que buscam reaver diferenças de correção da poupança dos Planos Bresser, Verão e Collor 2. Cerca de 80 audiências foram realizadas, de um total de 496 agendadas para esta semana, na primeira etapa do mutirão. As audiências relacionadas ao tema, que aconteceriam na parte da tarde, tiveram que ser suspensas, devido à falta de energia elétrica no prédio do Cejusc, localizado no bairro Gutierrez. A falta de energia foi ocasionada pela explosão de um transformador, que deixou todo o quarteirão sem luz. Essas sessões foram transferidas para próxima sexta-feira de manhã. As audiências do mutirão serão realizadas até quarta-feira. A expectativa é de que o fornecimento de energia elétrica esteja resolvido nesta terça-feira, dia 23 e que as sessões marcadas transcorram normalmente. O blecaute no local suspendeu ainda outras audiências de conciliação que seriam realizadas à tarde. Segundo a juíza do Centro, Dênia Francisca Taborda, “haverá uma certificação nos autos, relatando a situação da falta de energia, para que sejam tomadas providências pelos juízes das varas originais desses feitos. Esses magistrados que irão remarcar as novas datas das audiências”. Planos econômicos Nesta primeira fase, o Banco Itaú é alvo das ações, explica a juíza Dênia Taborda O mutirão dos planos econômicos vai acontecer em duas etapas. Nesta primeira fase, somente o banco Itaú Unibanco integra um dos pólos das ações. No mês de junho, os bancos do Brasil, Santander e Bradesco também farão parte do mutirão, que por enquanto contempla ações ajuizadas em Belo Horizonte. Cerca de 4 mil pessoas serão beneficiadas no Estado. A iniciativa pode encerrar milhares de ações que tratam do mesmo tema, por isso foi feita a parceria entre o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban). O poupador deve comparecer ao Cejusc BH, com documento de identidade, acompanhado de seu advogado, no dia, hora e local acertados anteriormente. Apenas os clientes com agendamento prévio poderão participar do mutirão.  Para adesão ao acordo relativo aos planos econômicos, os interessados podem buscar mais informações na plataforma digital.  
22/04/2019 (00:00)

Contate-nos

MELO RODRIGUES ADVOCACIA

Rua Ângelo Crema,  159
-  Bela Vista I
 -  Sacramento / MG
-  CEP: 38190-000
+55 (34) 3351-1084+55 (34) 9.8809-6681
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia