Sábado
22 de Setembro de 2018 - 

Controle de Processos

Insira seu usuário e senha para acesso ao software jurídico
Usuário
Senha

Notícias

Newsletter

Nome:
Email:

Previsão do tempo

Hoje - Sacramento, MG

Máx
31ºC
Min
18ºC
Poss. de Pancadas de

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Prerrogativa de foro de juiz termina com aposentadoria compulsória, decide TRF-3

A prerrogativa de foro por função dos juízes acaba com a aposentadoria compulsória. Assim entendeu o Órgão Especial do Tribunal Regional Federal da 3ª Região ao enviar ao primeiro grau inquérito policial contra uma juíza do Trabalho aposentada em processo administrativo disciplinar. O inquérito policial tramitava no TRF-3 amparado no parágrafo único do artigo 33 da Lei Orgânica da Magistratura. O dispositivo determina que, no curso da investigação, se houver indício de prática de crime por parte de magistrado, a autoridade policial deve remeter os autos ao tribunal competente. Mas a juíza foi aposentada e, para o Órgão Especial do TRF-3, isso afasta a sua competência prevista na Loman, ainda que tenha havido recurso administrativo. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRF-3.

Contate-nos

MELO RODRIGUES ADVOCACIA

Rua Ângelo Crema,  159
-  Bela Vista I
 -  Sacramento / MG
-  CEP: 38190-000
+55 (34) 33511084
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia